Image Map

Absorventes: como escolher?





Muitas mulheres (e não vou me excluir desta!) acham que absorvente é tudo igual e que as únicas características que os diferenciam uns dos outros são as abas (com ou sem abas) e as espessuras (mais grossas ou mais finas).

Mas acredite, NÃO são!

E saiba que saber diferenciar e colocar essas características na balança podem fazer um bem danado para a sua saúde íntima.

Há no mercado uma variedade muito grande de marcas e produtos nas prateleiras; um com a embalagem mais chamativa que o outro. Por isso, vale a pena ficar atenta às informações contidas nas embalagens e saber qual o mais adequado à você.

Foi pensando nisso que resolvi pesquisar e buscar informações que não só me ajudaram muito mas que também poderão auxiliar a todas vocês e evitar probleminhas chatos como mau odor e até infeccções!


OS TIPOS DE ABSORVENTES

Protetor diário: são aqueles absorventes pequenininhos que normalmente as mulheres usam quando a menstruação está no fim ou mesmo quando possui algum tipo de corrimento vaginal e para ser usado no dia-a-dia. Mas os médicos não recomendam muito o uso DIÁRIO justamente porque a região fica úmida e propensa à proliferação de fungos e bactérias que podem levar à infecções.


Noturno: É mais indicado para mulheres que tem o fluxo muito intenso. Justamente por isso sua espessura é mais grossa e tem uma melhor absorção, evitando vazamentos e desconfortos.


Com abas: Possuem abas laterais que fixam melhor na calcinha e evitam vazamentos. É o preferido das mulheres (e o meu também! Rsrs)


Com aroma: Eles prometem diminuir aquele cheirinho ruim da menstruação, mas os ginecologistas também não recomendam muito o uso deste tipo de produto. Primeiro porque algumas mulheres com a pele e a mucosa mais sensíveis podem apresentar alergias ao perfume ou ao corante. Os mais indicados são mesmo os absorventes NEUTROS. Isso vale também para os sabonetes íntimos e preservativos, hein!


Interno: é o famoso “OB”, aquele para ser introduzido dentro da vagina e ideal para mulheres que vão à praia ou à piscina.

Cobertura seca: são aqueles com cobertura plastificada. Os ginecologistas também NÃO recomendam o uso deste produto pois ajudam a esquentar ainda mais a região íntima, não só podendo causar infecções e alergias como também assaduras e bolhas.


Cobertura suave: são aquelas revestidas de algodão, ideais e recomendadas pelos médicos.




FIQUE ATENTA!

Cada uma sabe a hora ir ao banheiro trocar o absorvente dependendo do fluxo, não é? ERRADO!

Você sabia que o certo é trocar de absorvente a cada quatro horas (no máximo!), mesmo que o fluxo for pequeno? Pois é! Isso porque ficar muito tempo com o mesmo absorvente pode levar à infecções (já que é um ambiente úmido e bem propício à proliferação de bactérias) e também a odores muito fortes.

E falando em odores, ainda é possível evitar o mau cheiro da menstruação (e até mesmo de corrimentos) antes mesmo de ficar menstruada. Como? Cuidando corretamente da higiene íntima!

Parece óbvio mas a verdade é que muitas mulheres também não sabem como se limpar corretamente após usar o banheiro. O ideal é passar o papel “de frente para trás”, caso contrário, se for feito no sentido inverso, você pode levar bactérias do ânus para a vagina e aumentar ainda mais as chances de infecções.

Basta pensar no seguinte aspecto: você é um fungo ou uma bactéria e seu habitat é um justamente um ambiente quentinho e úmido. E a vagina é esse “oásis”! haha

Então vale a pena ficar atenta à higiene!

Outra dica é NUNCA manter a calcinha ou biquini úmidas por muito tempo, pelos mesmos motivos.

E quando o assunto é cuidado íntimo, a escolha da calcinha também deve ser levada em conta. Procure sempre usar calcinhas de ALGODÃO que não “abafam” tanto a vagina. E, especialmente agora no verão, dê preferência a usar saias ou vestidos à calças e shorts que também podem deixar a região mais abafada.

Lavar bem a vagina durante o banho também é outra dica. Há no mercado diversos tipos de sabonetes íntimos que possum em sua fórmula ativos que ajudam justamente a eliminar os fungos, bactérias e mau cheiros. Só não se esqueça de escolher produtos com pH neutro e sem odores!

Vale lembrar também que os lencinhos umedecidos também podem ser uma boa pedida na hora de ajudar na limpeza externa.

Em todo caso, meninas, vale a pena consultar seu médico ginecologista que saberá lhe indicar produtos específicos.



Gostou? Compartilhe! :)
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Google+ Enviar por e-mail




Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...